Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2011

Pensamentos, criatividade e sonhos

Desde pequenos nos deparamos com pensamentos que nos trazem a sensação de poder alcançar nossos sonhos.

    Pode ser que alguns desses pensamentos sejam apenas frutos da criatividade de alguém, mas é importante saber que os sonhos podem virar realidade. Mesmo não sendo algo como os filmes infantis da Disney, onde o personagem sofre até que venha a magia por meio de alguém e realize seus sonhos de maneira fácil, prática, bonita e rápida, afinal, na vida real, nós temos que persistir, pois sabemos que são raras as vezes em que algo acontece facilmente.

    Muitas vezes é necessário que passemos por algumas etapas, difíceis, mas no final, nós sabemos, vale a pena.

Isabela C. Santos
Dedico este post  ao meu amigo Gabriel e também  ao Charlie, um dos frutos de sua criatividade.

Um ano e meio

Em um ano e meio descobri que poderia fazer coisas que em minha própria imaginação pareciam impossíveis, assim como aconteceu comigo vi pessoas evoluírem.
    Talvez há quem pense que muitas coisas não foram percebidas por outras pessoas, mas acreditem, muitas coisas me marcaram e/ou me fizeram rir.
    Quem sabe um dia, quando estiver bem velhinha, vou dizer para os meus netos que vi uma sala praticamente só com meninas por alguns minutos, simplesmente porque a maioria dos meninos estavam sendo advertidos por brincar de aviãozinho de papel em plena aula de psicologia. Pode ser que eu conte como foi engraçado quando uma das meninas mais tímidas do curso resolveu nos contar, em um seminário, algumas observações do comercial da Coca-Cola. Como se não bastasse, vou lhes contar a criatividade de uma das garotas ao argumentar em uma dinâmica que não poderia sair do banco porque estava com uma criança de colo, era idosa, e tinha sofrido um trágico acidente em sua gravidez. Talvez conte…

Simples como a vida

Alguns acreditam ser difícil algo marcante acontecer em um dia qualquer, mas Cristiane não é assim. Somos amigas há muito tempo e sempre observo o seu jeito: anda olhando para tudo e para todos, não quer perder nenhum detalhe.
    Como é de costume, combinamos de ir a um parque no sábado, aqui estamos. Cristiane está mais uma vez discursando sobre como o amor pode chegar até uma de nós. Desde pequena ela sonha com o príncipe encantado.
    Um garoto se aproxima, apanha a bola que acaba de cair entre nós duas. Olho para Cristiane, sei que quando ele for embora se tornará nosso assunto. Ele observa Cristiane por um instante, arrisca iniciar uma conversa, ela não demonstra qualquer coisa que o faça desistir. Sei que esta, segundo sua visão, é uma oportunidade. Há quem diga que a oportunidade não bate duas vezes na mesma porta, talvez seja por esta razão que minha amiga empenha-se tanto em observar cada detalhe.
    Como se fossem velhos amigos a conversa flui, percebo que Cristiane …