Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2015

Lembranças

O depois, meu bem, é um mistério. Aquela memória tão viva às vezes não corresponde ao momento atual. O não saber e a memória às vezes fazem viver em nós aqueles que já foram, aqueles que passaram por nós, sem dizer para onde iam, sem mandar notícias, indo do presente para as lembranças de pequenos momentos marcantes na vida.
Isabela C. Santos

Pequeno momento

Sentiu o vento no rosto quando abriu a janela, o ar fresco da chuva que se aproximava. Sorriu seu sorriso discreto e tranquilo, pelos bons momentos. Sentiu a felicidade daquelas pequenas coisas, a felicidade de viver o que vivia e a felicidade por estar feliz. Pensou que, afinal, ser feliz e saber disso a fazia ainda mais feliz.
Isabela C. Santos
P.S.: o desenho é meu e pensei que, mais uma vez, seria bom mostrar o que havia inspirado minhas palavras, assim como fiz nesse outro texto, por mais que ele seja tão estranho quanto o outro desenho (a verdade é que depois de dedicar meu tempo a eles acabo gostando de suas estranhezas, o que me lembra uma das mais citadas passagens de O Pequeno Príncipe).

Poderia

Você sabe, poderia ter sido mais um dia como aparentava que iria ser, mais um final de semana chegando, como tantas outras coisas que poderiam, mas não foram. 
Não foi apenas mais um dia, muito menos somente mais um final de semana. Dizem que as melhores coisas acontecem quando menos esperamos, em meio a tranquilidade. Mas a verdade é que as coisas podem acontecer a qualquer momento, às vezes até mesmo no meio da confusão: sabe como é, uma ponto de calma em meio há tantos acontecimentos.
O que sei é que tudo pode acontecer a qualquer hora, meu bem. Quando suspeitamos, quando mais precisamos ou quando não esperamos. 
Isabela C. Santos