Paixões



Como disse meu irmão: “há uma época da vida em que vivemos de paixões, algumas são apenas para sonhar”, nem todas são necessariamente para tomarmos alguma atitude, se declarar, namorar, ficar junto.

Um dos fatores que decidem se essa paixão é para ser vivida ou sonhada é o fato de estarmos prontos ou não para namorar, por exemplo, na adolescência, é o tempo em que as garotas se acertam com os garotos que até então as “importunavam”, namorar pode resultar no “policiamento” de nossas atitudes, sabe aquela história de abraçar e fazer cafuné no amigo? Será que todos os namorados deixam as meninas fazerem isso? E a namorada? Será que ela não iria se incomodar se visse alguém fazendo cafuné no garoto que ela gosta? Ainda mais eles estando juntos?

Sei que não são todos os adolescentes que ficam nesse “grude” de amigo pra lá, amigo pra cá, até porque, as vezes isso fica estranho.

Antes de resolvermos namorar é preciso pensar muito, tomar ciência de que vamos ter que mudar nossos comportamentos, vamos ter pra quem ligar, vamos ter de quem receber ligações, e o mais importante, vamos ter alguém para tentar se entender até não agüentarmos mais, ou agüentarmos, namoro é compreensão, é saber que corremos o risco de sofrer uma decepção, de aceitar por afobação e acabar tudo depois de uma semana, como diria minha mãe: “namoro é pra conhecer”, deu certo, ok! Não deu? Aiii... bola pra frente!

Isabela C.Santos

Comentários

Ah... namorar faz parte!

Tava sumida!
jadeamorim.com disse…
Namorar não é uma coisa simples, tem de estar preparado para as mudanças! =)
Adorei o post!


Beeijos! =*
Larissa disse…
namorar é mais complicado que parece, o que não falatm são mudanças :s'

adorei o blog, bjs

Postagens mais visitadas deste blog

O lado ruim do carnaval

8 anos

Meu presente