Simples como a vida

    Alguns acreditam ser difícil algo marcante acontecer em um dia qualquer, mas Cristiane não é assim. Somos amigas há muito tempo e sempre observo o seu jeito: anda olhando para tudo e para todos, não quer perder nenhum detalhe.

    Como é de costume, combinamos de ir a um parque no sábado, aqui estamos. Cristiane está mais uma vez discursando sobre como o amor pode chegar até uma de nós. Desde pequena ela sonha com o príncipe encantado.

    Um garoto se aproxima, apanha a bola que acaba de cair entre nós duas. Olho para Cristiane, sei que quando ele for embora se tornará nosso assunto. Ele observa Cristiane por um instante, arrisca iniciar uma conversa, ela não demonstra qualquer coisa que o faça desistir. Sei que esta, segundo sua visão, é uma oportunidade. Há quem diga que a oportunidade não bate duas vezes na mesma porta, talvez seja por esta razão que minha amiga empenha-se tanto em observar cada detalhe.

    Como se fossem velhos amigos a conversa flui, percebo que Cristiane não se importará se eu for para minha casa, talvez agradeça. Me despeço e sigo meu rumo, procurando em cada detalhe a minha oportunidade.

Isabela C. Santos

Comentários

Bia Souza disse…
gostei mto desse seu texto viu?
é a primeira vez entro nesse blog e sabia que havia algo legal por aki.

vc devia escrever mais textos como esse...vc sabe demonstrar muitas coisas em seus textos e isso é mto bom.

Postagens mais visitadas deste blog

O lado ruim do carnaval

Esta data

8 anos