Preocupar-se

Por muitas vezes me preocupei. Ainda me preocupo. Pouco a pouco aprendo com o que me preocupar e o que fazer. Não há fórmula para solucionar as questões que nos preocupam, exceto as questões de prova. Mas estas questões são passageiras. A maioria das coisas passam, mas aquelas que ficam merecem valorização.
Tudo possui um tempo, o de vir e o de ir. Para algumas questões o tempo é curto e para outras é mais longo. A dúvida nos faz pensar sobre o que fazer. Mas sabemos o que fazer? Talvez sim, talvez não... A certeza é a de que temos que viver e ter fé. Acreditar.

Isabela C. Santos

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O lado ruim do carnaval

Esta data

8 anos