Fim de tarde

     E então é fim de tarde. A luz do sol nas folhas das árvores, o barulho do motor do ônibus, as curvas, as paradas, as breves conversas, os livros lidos no caminho de volta para a casa, os detalhes das casas do trajeto feito todos os dias. Os carros enfileirados nas ruas, a pessoa que dorme no assento ao lado, as placas com os curiosos nomes. O sol iluminando detalhes, realçando a beleza dos olhos, dos fios de cabelo, da pele. Todos juntos isolados no seu próprio mundo, no mesmo caminho, mas com destinos diferentes. Observar... 

Isabela C. Santos

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O lado ruim do carnaval

Esta data

8 anos