Pare!

     Vamos, vamos lá. Vamos pensar um pouco sobre esse tempo todo que gastamos de um lugar ao outro. Some a hora que você gasta para ir à faculdade e as duas horas necessárias para voltar para o conforto do seu lar. Sim, três horas no ponto de ônibus, no ônibus, no terminal e no ônibus outra vez. Três horas para observar as pessoas, ler textos, ouvir música, conversar com estranhos (ah, isso é muito curioso!), olhar pela janela, pensar no que vai fazer no final de semana, pensar no que vai fazer na próxima semana, pensar no que vai fazer no próximo mês, planejar suas horas de estudos independentes.

     Não sei qual dessas coisas  que eu gosto de fazer mais, talvez observar as pessoas. Já reparou naquelas pessoas que sempre estão no mesmo ônibus que você? Na diferença de disposição e humor do horário em que você está indo para o horário que você está voltando? Sempre que volto vejo alguém mal-humorado, tenho certeza de que as filas imensas no terminal, o ônibus lotado e um dia de trabalho tem algo a ver com isso. E então o que vemos? Pessoas emburradas, pessoas dormindo, pessoas quase dormindo, pessoas inquietas, pessoas que conversam alto com as outras do lado das que estão dormindo, pessoas sorridentes, pessoas, pessoas, pessoas. Pessoas que usam horas do seu dia para ir de um lugar a outro e fazem coisas diferentes nesse tempo, mas desejam apenas chegar aos seus destinos.

    São tantas coisas para fazer que todo tempo é tempo: temos de aproveitar toda oportunidade para cumprir com nossas obrigações. E o fazer nada? Sim, é importante. Temos que relaxar, manter a cabeça no lugar! Tenho me forçado a fazer isso, dito para mim mesma "vamos, ouça aquela música de que você gosta, são 20min, você pode correr atrás desse texto depois, agora feche  os olhos e simplesmente ouça. Ouça e sinta o calor do sol no seu rosto, o cheiro que vem pela janela... ah, esqueça o cheiro, logo você vai passar pelo rio Pinheiros!".

Comentários

Jerri Dias disse…
Até tenho uma certa saudade do tempo em que passava de 2 a 3 horas dentro de ônibus e lotações todo dia. Eu consegui ler quase que um livro por semana nesses trajetos :-)

Postagens mais visitadas deste blog

O lado ruim do carnaval

8 anos

Meu presente