Não me deixe esquecer

    Não me deixe esquecer de tudo o que foi bom. Não permita que o tempo me faça esquecer as péssimas piadas e os sorrisos sem motivo aparente ou aquelas velhas brincadeiras transportadas de outro contexto. Que o fim, ou o até logo, não apague tudo o que se passou. Isso é horrível, não é? O modo como em algumas situações conseguimos esquecer das coisas boas, mesmo que não haja coisas ruins para nos prender. Isso é mesmo horrível. Mas olha, não me deixe esquecer. Permita-me lembrar de tudo o que me fez tão bem.

Isabela C. Santos

Comentários

Anônimo disse…
Textos de sua autoria? Pessoas reais ou mera crianção os textos?
São de minha autoria sim, mas quanto às pessoas, depende do texto e também do trecho.
Anônimo disse…
Meus parabéns. Gostei do blog e estou passando todas as noites.
Como já mencionei antes, interessante e tbm muito intrigante.
Obrigada, fico feliz por ter gostado! Não costumo postar todos os dias, mas ultimamente tenho escrito mais textos para postar.
Anônimo disse…
Não tem pelo que me agradecer, pelo contrário, pois é a senhorita que tem me proporcionado algo para ler, mais interessante do que muitas revistas proporcionam.
Difícil não agradecer, hem? Mas você também tem algum blog, site, etc. pra eu retribuir as visitas? É sempre bom ler algo novo! :)

Postagens mais visitadas deste blog

O lado ruim do carnaval

Esta data

8 anos