Lembranças

    Sabe como é? Vou lhe contar, esses dias um simples objeto praticamente me transportou para outro tempo. Um simples objeto me fez reviver lembranças, lembranças de um tempo bom. Por alguns segundos me lembrei de algumas situações, não desejando passar por aquilo outra vez, mas sentindo as coisas boas que sentia naqueles momentos. Algumas coisas fazem isso com a gente.

    A gente tem boas lembranças e isso é tão bom: poder reviver por alguns instantes momentos que não voltarão. Também é bom saber que assim como houveram coisas boas tempos atrás coisas boas também virão e, por que não, pensar nas coisas boas que tem acontecido? Às vezes eu me esqueço, sabe? Abro minha caixinha de lembranças e me deixo levar pelos objetos, relembrando, revivendo. Vamos, pergunte-me sobre algo, lembrarei dos detalhes! Sempre fui muito observadora e às vezes me lembro de coisas que outros sequer notaram no dia. Ah, eu me lembro! E gosto disso.

   Gosto disso, relembrar. Gosto disso, pensar no futuro, imaginar. Gosto de viver o presente, reparar nas coisas, dar conta do valor dos momentos. Sabe como? Terminar o dia e pensar: "nossa, que dia bom". Tudo bem, nem tudo na vida é bom, também posso terminar o dia e dizer: "que coisa, há tempos não tinha um dia assim, espero que amanhã seja melhor". São coisas boas e ruins que viram lembranças. 

Isabela C. Santos

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O lado ruim do carnaval

Esta data

8 anos