Pular para o conteúdo principal

Irmãos

      Nossos irmãos são aquelas pessoas que sempre estarão ao nosso lado, seja para sorrir, apoiar ou até mesmo te ajudar a levantar quando necessário.

     São nossos irmãos que defenderão nossa honra quando não estivermos presentes, que deixarão a porta do quarto sempre aberta para nós os procurarmos durante a madrugada, quando os dois deveriam estar dormindo. Tudo isso para ouvir seus desabafos, te confortar e aconselhar, te mostrando o quanto você é especial e te ajudando a enxergar no que está errando.

     Estes mesmos irmãos estarão ao nosso lado nos momentos de descoberta. No dia em que você ensaboar o piso e descobrir o quanto é divertido escorregar, ou o quanto é gostosa a massa feita com leite em pó e um pouco d'água, eles estarão presentes.

     Eles estarão junto a você momentos antes de dormir e mostrarão os desenhos que podem ser formados com as estrelas coladas no teto do quarto que brilham no escuro.

     Irmãos devem ser valorizados e têm o direito de saber o quanto os amamos. Aliás, para quem tem irmãos, não há companhia melhor do que a deles. E aqueles que não possuem irmãos logo tratam de encontrar um.

Isabela C. Santos

     Dedico este texto aos meus irmãos, Nilson e Eliza, que sempre estiveram presentes nos momentos mais importantes de minha vida. Nos meus momentos de melodrama (é nisso que resulta assistir novelas mexicanas quando pequena) eles me apoiaram e me motivaram, mesmo que com um simples abraço ou um "eu amo você".

Comentários

Fernando. disse…
Você tem razão: irmãos são sempre irmãos.

beijos.
Anônimo disse…
Isa, mana.
Como eu te amo, fico feliz por fazer parte da sua História inesquecivel, e sei que vamos contar para os nossos futuro filhos né*--* Ha lenda Te amo Muuiito e Deus sabe o quanto viu!??
Adorei teu texto garota, continue assim, acredito em você e seii que esse texto vai servir como um Exemplo maravilhoso pra muita gente...!
bjs
Nathy disse…
"Há amigo mais chegado que um irmão" ;)

Lindo seu texto!
Anna kelly disse…
"Irmãos devem ser valorizados e têm o direito de saber o quanto os amamos. Aliás, para quem tem irmãos, não há companhia melhor do que a deles"

Concordo! Tenho uma de 10 anos.
Eu tenho alguem pra conversar até de madrugada, quando não tenho sono :)
Lívia Inácio disse…
Irmãos são verdadeiros anjinhos mesmo,né?!

Beijinhos***

Ps: Adorei seu cantinho! =)
Brayenner disse…
Adoreeei!
Me fez chorar mt...

Posso postar no meu blog (claaaaro que os créditos serão seus) ?

beijnhos flor ;*
Bárbara Farias disse…
Aaah, tou seguindo, bjs@
. N i l . disse…
Fofolucha irmã!

Finalmente comentando no post! Agora sim, estou logado na minha acc!
=D~

Ah, Belassauro! TE AMO DE MENOR!

Me fez recordar de coisas para lá de especiais, nesse post!

Irmãos, SEMPRE IRMÃOS! E cada vez mais, próximos!

Te amo, Belinha!

Postagens mais visitadas deste blog

O lado ruim do carnaval

Confesso que não sou fã de carnaval e não quero mudar a idéia de ninguém, mas como estou vivendo minha tortura anual... vou compartilhar com vocês o lado ruim do carnaval!

1º Programação na televisão: não sei se na "tv paga" também, mas na aberta a programação fica horrível, só se fala de carnaval, dia e noite. Isso é uma verdadeira tortura pra quem não gosta.

2º Perigo nas ruas: o perigo sempre está por ai, mas no carnaval piora, acredite em mim. Brigam com pessoas por ai por nada, espancam jovens, batendo no corpo e principalmente na cabeça, o que pode deixar seqüelas gravíssimas e até levar a óbito.

3º Desrespeito: muitas pessoas tacam lama nos ônibus com janelas abertas e outros resolvem molhar pedestres por ai, sim, eu sei que fazem isso o ano todo, mas no carnaval piora.

4º Bobos na rua: acho que ninguém gosta de quando te dão aquele susto com "bombinhas" e outras coisas toda hora.

Achei que minha listinha ia ficar maior... ah, lembrei! Não é legal pra mim ficar …

Esta data

Esta data sempre me trará lembranças daquela noite e essas lembranças sempre me trarão a sensação de que foi ontem que tudo aconteceu. Datas têm o poder de nos fazer lembrar e as lembranças nos transportam no tempo. Eu sei, tudo muda, a vida segue. O modo como lidamos com o que sentimos também muda e as emoções que determinadas lembranças nos trazem também. Antes era apenas dor, a dor virou saudade, a saudade virou amor e gratidão. Tem coisa melhor do que sentir amor por alguém? Do que ser grato por ter sido tocado por uma vida? Eu sei, queremos eternizar tudo o que é bom, queremos prender, jamais deixar partir, mas isto não está em nossas mãos e apesar de não podermos segurar em nossas mãos aquilo que não queremos perder, depois de um tempo o que fica é a alegria de poder ao menos ter tido a presença de algo tão importante em nossas vidas.
Isabela C. Santos

8 anos

Em oito anos muita coisa pode mudar: o modo de ver a vida, o modo de falar sobre a vida, os assuntos relevantes, as pessoas importantes, os relacionamentos, o modo como nos colocamos diante dos outros, a visão sobre nós mesmos, o conhecimento que possuímos sobre nossos sentimentos... E isso é só o começo.
Em oito anos podemos passar por muitas reviravoltas, ou simplesmente (com muita luta), seguir nossos planos. Podemos, quase que de repente, dar-nos conta do que queremos para nossas vidas e nos ver em um lugar que jamais sonhamos. Talvez o novo lugar contribua para que mudemos a nossa visão de mundo, force-nos a sair da zona de conforto e quebrar um muro para podermos falar com os outros. Pode ser que "os outros" tornem-se "amigos".
Em oito anos, as reticências podem sumir e dar lugar ao nome do amor da sua vida. Pode ser que, coincidentemente, seja aquele seu amigo de infância. Amigo que antes a timidez não permitia nem mesmo chegar perto. Talvez os planos que u…