8 anos



Em oito anos muita coisa pode mudar: o modo de ver a vida, o modo de falar sobre a vida, os assuntos relevantes, as pessoas importantes, os relacionamentos, o modo como nos colocamos diante dos outros, a visão sobre nós mesmos, o conhecimento que possuímos sobre nossos sentimentos... E isso é só o começo.

Em oito anos podemos passar por muitas reviravoltas, ou simplesmente (com muita luta), seguir nossos planos. Podemos, quase que de repente, dar-nos conta do que queremos para nossas vidas e nos ver em um lugar que jamais sonhamos. Talvez o novo lugar contribua para que mudemos a nossa visão de mundo, force-nos a sair da zona de conforto e quebrar um muro para podermos falar com os outros. Pode ser que "os outros" tornem-se "amigos".

Em oito anos, as reticências podem sumir e dar lugar ao nome do amor da sua vida. Pode ser que, coincidentemente, seja aquele seu amigo de infância. Amigo que antes a timidez não permitia nem mesmo chegar perto. Talvez os planos que um dia sonhamos aconteçam por caminhos que jamais imaginamos.

Em oito anos os problemas mudam, nós envelhecemos juntamente com as pessoas ao nosso redor, vemos aqueles que se vão e que chegam. Somos afetados. O afeto nos muda.

Registrei aqui, desde 2009, um pouco de mim. Parte do que fui, do que ainda sou e do que quero ser. A primeira postagem foi dia 14/01/2009 e já pensei em apagá-la juntamente com algumas outras, mas como negar a minha história?

Deixo aqui o meu parabéns ao blog e agradeço aos que me leem.

Com carinho,
Isabela C. Santos.


Era essa minha mesinha quando criei o blog. Atenção para os vários CDs e para a impressora matricial amarelada (gosto dessa foto).








Comentários

Marina Menezes disse…
8 anos! Eu não consigo nem imaginar o quanto de coisas que mudaram pra você desde que você criou esse blog. Consigo perceber as mudanças pelo seu post, e até me identifico com alguma delas.

A foto é realmente bonita, imagino que você não usa mais nenhum daqueles CD's né hahah'

Abraços!
E às vezes a gente nem se dá conta de tanta mudança!

Hahahaha
Realmente os CDs acabaram ficando de lado, assim como a impressora matricial e a mesinha!

Abraços

Postagens mais visitadas deste blog

O lado ruim do carnaval

Esta data